8 dicas para estimular crianças com autismo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como bem sabemos cada ser humano é único. Por isso desde o nascimento, por mais que pareçamos com nossos pais, temos nosso próprio selo de identidade na hora de fazer as coisas, de nos comunicarmos, de nos divertirmos ou de nos relacionarmos. “Primeiro se você suspeita que seu filho tem Transtorno do Espectro Autístico – TEA busque um profissional da área médica, que pode ser um neurologista infantil, psiquiatra infantil, psicólogo, fonoaudiólogo, contudo que sejam qualificados e tenham experiência na área de TEA.”

Quem, em algum momento da vida, preferiu brincar sozinho ao invés de compartilhar sua boneca ou seu carrinho? Isso é uma ação de introversão que quando se generaliza, afeta as relações sociais e de comunicação. Pode ser um grande passo para um espectro autista.

Atividades para criança com espectro autista:

  1. Você gosta de desenhar? Comunique-se com a criança desenhando e quando conseguir sua atenção verbalize o que está desenhando.
  2. Você gosta de fazer construções de peças? Faça-as junto à criança, mas sem invadir o seu espaço. Dessa maneira você estará chamando sua atenção, estimulando-a.
  3. Potencie a interação naquilo que a criança gosta de fazer, realizando com ele ou com ela.
  4. Se a criança apresenta hipersensibilidade acústica, evite lugares com multidões.
  5. Não faça as coisas no lugar da criança, dê tempo para ela.
  6. Respeite seu ritmo e seu ritual, ou seja, se a criança prefere guardar os brinquedos de uma determinada maneira, faça da mesma forma. Assim conseguirá empatia e fazer coisas juntos.
  7. Reforce o que elas fazem bem. Essa forma de estimulação trata-se de qualquer coisa que a criança goste, e pode ser algumas dessas coisas:

– Comestíveis. Qualquer tipo de alimento ou bebida.

– Tangíveis. Brinquedos ou objetos que pela sua textura chamem a atenção da criança.

– Atividade. Atividades de lazer ou passatempos. Podem ser jogos ou brinquedos.

 Sociais. Elogios e adulações acompanhados de carícias.

  1. Faça cartazes com desenhos de elementos básicos como comer (especificando os alimentos), tomar banho, vestir-se. Coloque esses cartazes num lugar que a criança possa ver, para que mostre para ela o que você deseja. Pode ainda perguntar a ela: o que é isso? E fale você mesmo sobre o objeto desenhado.

Comente nos comentários o que achou do post!

Vote