Dicas para uma cidade mais limpa

Leitura em áudio:

 

Quando o assunto é limpeza, a responsabilidade é de todos. Manter uma cidade limpa é ao mesmo tempo um direito e um dever. Parece clichê, mas muitas pessoas continuam sujando a cidade!

Lembre-se: você é o primeiro a ganhar com a limpeza, mas é também o primeiro a perder quando promove a sujeira.

Para que a cidade fique mais limpa com a contribuição, criamos esse post com 5 dicas para conscientizar!

  1. Não jogue lixo em vias públicas e nem pra fora do carro. Caso você tenha algo a descartar, guarde o material consigo até encontrar a lixeira mais próxima. Não custa lembrar: lugar de lixo é na lixeira.
  1. Não jogue lixo ou material inservível, como sofás, colchões, móveis e eletrodomésticos, em rios, canais e encostas. Além de configurar crime ambiental, o descarte inadequado pode provocar inundações, alagamentos e transtornos em períodos de chuva.
  1. Não se esqueça de separar pilhas e baterias que constituem resíduos perigosos de responsabilidade de seu fabricante e procure os postos de coleta autorizados para descarte. Na logística reversa, você entrega o material a ser descartado no estabelecimento comercial em que foi realizada a compra. Esse, por sua vez, envia o resíduo ao fabricante que providenciará o reaproveitamento ou a destinação final correta.
  1. Separe o lixo corretamente, o que evita o desperdício, economiza matéria-prima e energia, aumenta a vida útil dos aterros sanitários, gera trabalho e renda, promove saúde, cidadania e inclusão social.
  1. Faça a separação do material reciclável. Ao reduzir, você polui menos. Quando você reutiliza, inventa novos usos para embalagens que ainda têm vida útil. Ao final, separe o lixo orgânico do material reciclável.

 

Pratique os 3 R´s

Reutilizar, reduzir, reciclar.

Conheça os materiais que são recicláveis:

Papel: sulfite usada, jornal, revista, papelão, embalagens de papel, tetrapack (leite), etc.

Vidro: embalagens de azeite, azeitona, molho de tomate, garrafas de cerveja, etc.

Plástico: sacolas de supermercado, garrafas pet, potes de sorvete, embalagens de amaciantes, etc.

Metal: latas de achocolatado, latas de conservas, tampas de potes de geleia, etc.

Participe da coleta seletiva. Separe vidros, papéis, plásticos e metais do lixo orgânico.

 

Conheça a nova orla do Boqueirão

 

Eai!? Comentem o que acharam!

 

Vote